quarta-feira, 4 de março de 2009

Nada

Questiono-me como é o Nada, o Caos...

E é nestas horas que penso que deve ser como a minha rede de conexões neurais neste exato momento: um amontoado de fios desconectados, tentando achar a correta junção para julgar minhas ações...

Ser certinha demais não ajuda nestas horas confusas, e fico preocupada com o que Deus está vendo dentro do ninho de passarinho assustado que está isso aqui.


Quem disse que o proibido era mais gostoso era um pecador nato, assim como eu sou neste momento.


Só queria dizer que nada importava, e tudo ficaria muito bem, obrigada.


Mas não...!


Tem gente que se arrepende do que faz, e eu do que não faço.

Por pura hipocrisia, porque no interior do meu 'nobre' coração já fiz há muito tempo, e não há nada que me impeça de ser feliz dentro dele.

Oxe, eu to com raiva de mim!


Raiva de você, e da situação estranha em que meu pequeno universo se encontra...


Então, é o Caos, porque tem tempo que não vejo nada pior que isso, que esta falta maldita e sofrida, e ao mesmo tempo necessária e propícia.


O calor
do tempo não ajuda.
Queria poder parar isso...
Queria não ter tido contato com isso.
Queria ter tido coragem.
Queria ter...
você.
Minha própria maçã.

*.*.*.*.*.*.**.**.*.*.*.*..**.*.*.*.*.*

The world was on fire
O mundo estava pegando fogo
No one could save me but you.
Ninguém poderia me salvar, exceto você
Strange what desire will make foolish people do
Estranho o que o desejo faz as pessoas tolas fazerem
I never dreamed that I'd meet somebody like you
Eu nunca sonhei que conheceria alguém como você
And I never dreamed that I'd lose somebody like you
E nunca sonhei que eu perderia alguém como você
What a wicked game you play
Que jogo perverso você joga
to make me feel this way
para fazer-me sentir assim!
What a wicked thing to do
Que coisa perversa de se fazer
to let me dream of you
deixar-me sonhar com você
What a wicked thing to say
Que coisa perversa de dizer!
You never felt this way
Que você nunca se sentiu assim.
And I don't wanna fall in love with you
Não, eu não quero me apaixonar por você


Nenhum comentário: