Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2008

RECOMENDAÇÕES PARA SE VIVER BEM...Parte IV

Imagem
Saindo do labirinto com a corda de seda mágica que deixou presa no início dele, volta a dona deste blog, para encerra a quarta parte desta abençoada palavra... É para encerrar o mês de junho com chaves de ouro, e olhos para o céu!






16) Não desprezes a piedade por estar sendo ela perseguida.
Homens ímpios, quando instigados por Satanás, vituperam, maliciosamente, o caminho de Deus. A santidade é uma qualidade bela e gloriosa. Chegará o tempo quando os iníquos desejarão ver algo dessa santidade que agora desprezam, mas estarão tão removidos dela como agora estão longe de desejá-la.

17) Não dá valor ao pecado por estar atualmente na moda.

Não julga o pecado como coisa apreciável, só porque a maioria segue tal caminho. Pensamos bem sobre uma praga, só porque ela se torna tão generalizada e atinge a tantos? “E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as” (Ef 5.11).

18) No que diz respeito à vida cristã, serve a Deus com todas as tuas forças.

Deveríamos fazer …

TEMOS QUE APRENDER QUE...

Imagem
TEMOS QUE APRENDER QUE...

...Que duas pessoas discutindo, não quer dizer que se odeiam.





Que duas pessoas felizes, não quer dizer que se amam.





Que o mundo dá voltas e a vida é uma seqüência de desafios.





Que algumas feridas saram, outras não.








Que quem vive do passado é museu. [e historiadores, claro!!^.~]



Que quem vive o futuro, não vive... SONHA!



Que com a pessoa certa, uma vida é pouco tempo.

Que com a pessoa errada, um minuto é muito.





Que mesmo acompanhado, ainda posso estar .



Que caráter vem do berço, não se compra.


Que Amor não se exige, se dá.


Que meus amigos eventualmente vão me machucar; são humanos.


Que um ato pode mudar toda uma vida.

Que nem toda uma vida pode mudar alguns dos nossos atos.

QUE O IMPORTANTE PARA MIM, NÃO O É PRA OUTROS, E ISSO NÃO É DEFEITO!


Que a decência é uma prática diária.

Que humilhar é apiordas covardias.


Que a capacidade de amar, é nata. Não depende de terceiros.


Que a beleza esta na alma.


Que nada é pra sempre...



























[há que se pensar...]


Autor(a) desconhecido